Home
Você está aqui: Home » banner principal » Luiz Estevão PRESO: ATOS GRAVES OU DELITUOSOS. ERROS que não anulam o seu contributo em prol do futebol do Distrito Federal

Luiz Estevão PRESO: ATOS GRAVES OU DELITUOSOS. ERROS que não anulam o seu contributo em prol do futebol do Distrito Federal

Luiz Estevão PRESO: ATOS GRAVES OU  DELITUOSOS. ERROS que não anulam  o seu contributo em prol do futebol do Distrito Federal

   luiz estevcao

                     No futebol, há sempre um lugar comum para satanização automática,  daquele que é desafeto ou mesmo adversário metamorfoseado  em inimigo, seja porque ele fez ou deixou de fazer coisas  suscetíveis de reprovabilidade  ou de censurabilidade mediática, seja até mesmo pelo fato dele se mover naqueles quadrantes assimétricos   flagelados pelo ódio, raiva e ressentimentos de  muitos (que se acham todos).

                     Luiz Estevão de Oliveira Neto, o combativo e combatido dono do Brasiliense Futebol Clube, é um homem que, com pejo ou não, tem assumido a vulnerabilidade própria de quem, corajosamente, correndo atrás de tudo o que ele entende ser o melhor para o seu jacaré de papo amarelo, se  firmou  nesse quadro de “viver acima do fio da navalha”, que acabamos de descrever.

                    Ele pode ser tudo isso  e mais algum acréscimo que a cascata inexorável do modelo criminológico socialmente desviante, toma por  dogma escatológico.

                    Os erros cometidos por  Luiz Estevão, no quadro da juridicidade penal, não podem anular os esforços que ele empenhou ao longo da última década, em prol do futebol do Distrito Federal.

                     E mesmo que se diga que tudo  o  que ele fez  no nosso futebol, foi só para beneficiar o seu clube Brasiliense, todavia,  a dialética dos “atos grandes” sempre afirmará que  uma fração, sempre  faz parte do todo.

                    Até por que,  a presença do Luiz Estevão e do seu Brasiliense no futebol candango, por si só, historicamente, veio a colmatar aquela relatividade absoluta da ausência  teimosa da novidade no futebol de Brasília. Ele  foi e é um homem que, com toda essa habilidade, enquanto desconstruía  aquilo que ele achava ser  importante para os seus adversários,  nunca deixou de se “atirar de cabeça” em perseguição dos indicadores positivos em todos os certames que o seu Brasiliense tomou parte no futebol brasileiro, desde a série D à séria A.

                    Para o Bolamense Futebol Clube e o seu Presidente Prof. Antônio Teixeira, a prisão do Luiz Estevão não traz nenhum grão de júbilo, mas sim e pelo contrário, traz pedregulhos de consternação e  de tristeza  capazes de nos fazer prestar  preitos de solidariedade ao Brasiliense Futebol Clube,  aos seus torcedores, aos seus valentes jogadores, sua   competente diretoria e a toda a  respeitável família do Luiz.

                     Sabemos que o homem planeja, mas quem executado é Deus!

                     Também não olvidamos que agindo Deus ninguém impedirá!

                     E ele Deus faz jorrar águas em fontes secas. O Brasiliense continuará firme e vitorioso na Série D do campeonato Brasileiro. Lá na cela onde Luiz Estevão está confinado, Deus  estará  ministrando à sua mente e ao seu coração. No lar do Luiz, Deus estará confortando a  sua mulher e seus filhos.

                      Luiz, com Deus o dia de amanhã, certamente será sempre e eternamente melhor do que o de  ontem e de hoje. Creia e peça isso à Deus e ele fará muito mais do que você pedir e desejar!

 

 

Sobre o Autor da Postagem

Quantidade de Postagens : 381
Ir para Cima