Home
Você está aqui: Home » banner principal » O CANIL É O BLOG CANDANGAO E O CACHORRO SARNENTO, METIROSO E INESCRUPOLOSO É O JANIO GOMES

O CANIL É O BLOG CANDANGAO E O CACHORRO SARNENTO, METIROSO E INESCRUPOLOSO É O JANIO GOMES

O CANIL É O BLOG CANDANGAO E O CACHORRO SARNENTO, MENTIROSO E INESCRUPULOSO  É O JÂNIO GOMES

blog

O CACHORRO TRISTEMENTE CÉLEBRE DA MIDIA DO FUTEBOL DE BRASILIA,  JANIO GOMES, não podia deixar terminar o campeonato sem latir ascorosamente com mentiras, covardias, leviandades, calunias e mostras de analfabetismo!

Esse tal de  Janio Gomes  é um desqualificado que se diz jornalista e que, em todas matérias que ele  subscreve ou publica, dá mostras da falta de caráter e de ausência de conhecimentos mínimos  para atuar profissionalmente na mídia.

Todos sabem em Brasília,  que o Janio é um  pseudo jornalista abaixo do comum  e sem diploma de jornalismo. Mas também  ninguém desconhece que ele não mede meios para “aparecer” às custas das imagens de pessoas  pelas quais ele nutre inveja, cobiça ou rancor  social.

Esse canil  denominado Blog Candangão  e o cachorro do seu dono Janio Gomes sem caráter e sem origem,  publicou hoje uma outra mentira deslavada sob o título jogadores do Bolamense pedem socorro, matéria essa em que ele afirma que um suposto jogador  que não quis se identificar e no anonimato, teria ligado para ele cachorro Janio de um número secreto (segundo ele privado) para “…denunciar algumas mazelas protagonizadas pelo presidente do clube, Antônio Teixeira. Por estas palavras diz o cachorro sarnento Janio que o atleta ligou de um número privado e não quis se identificar e disse: – Quero fazer uma denúncia. Eu e mais uns doze jogadores estamos sem receber salários e não encontramos o pastor (Antônio Teixeira) – disse o atleta. “ –palavras escritas pelo cachorro Janio que ainda acrescentou que…..Os atletas são “jogados e esquecidos” em repúblicas, sem nenhuma condição humana e passam até fome.O Bolamense sempre começa o campeonato bem, mas, à medida que os desleixos vão acontecendo, a queda de rendimento passa a ser inevitável. Foi assim ano passado, foi assim este ano.

No caso atual, uma parte dos jogadores do Bolamense foi alojada em uma casa localizada no Recanto das Emas.  Um dos jogadores confidenciou-me que durante a segunda divisão ao menos 15 atletas ocuparam a acanhada residência de apenas dois quartos.

Quando o assunto é Bolamense, infelizmente, não recebemos notícias diferentes destas.

Bom, já dissemos que o Jânio é mentiroso, difamador barato, caluniador safado,  cachorro asqueroso e  socialmente sarnento.

A PRIMEIRA MENTIRA DO CACHORRO JANIO GOMNES,  começa no fato por ele afirmado  que o Bolamense montou república para alojar jogadores  no Recanto das Emas.

O Bolamense não possui nada no Recanto das Emas. É no Riacho Fundo que o Clube tem  um alojamento com 3 quartos, sendo uma suíte,   um cômodo individual equipados  com 7 beliches, uma geladeira, um frízer, um fogão, um aparelho TV, uma máquina de lavar e demais utensílios domésticos necessários  para uma habitação que comporta 14 pessoas. Aliás,  não é o primeiro ano que os  jogadores do Bolamense que vêm de fora de Brasília ocupam esta moradia.

 A SEGUNDA MENTIRA DESSE SEM VERGONHA E PICARETA  DO JANIO consiste na seguinte afirmação dele de que: não seria  a primeira vez que isso acontece e que os atletas são “jogados e esquecidos” em repúblicas, sem nenhuma condição humana e passam até fome.

 Caros leitores, quem  passa fome é o próprio Janio Gomes, pois ele é tão miserável nos seus pensamentos e afirmações ao ponto de  se tornar  impossível  que ele não seja miserável dentro do seu próprio lar. É de uma imensa irresponsabilidade o que esse picareta afirma. Até por que os jogadores que vieram de fora de Brasília chegaram no dia 27 de junho e a grande pergunta é: como poderiam 14 jogares passarem fome durante mais de 2 meses e  conseguirem entrar em campo e disputar nove rodadas consecutivas do campeonato, para só depois de quase 75 dias dizerem que estavam vivendo na condição de famintos?

É fácil e tem testemunhas que conhecem o alojamento do Bolamense e sabem que  inclusive tem uma cozinheira profissional que lá confecciona café, almoço e janta todos os dias para os jogadores. Até por que, se  o safado do Janio não fosse pernicioso e mentiroso sem  categoria alguma, seria fácil ele  provar pessoalmente sobre os fatos que ele escreveu.

A TERCEIRA MENTIRA DO CÃO SAFADO JANIO GOMES, é quando ele diz que “O Bolamense sempre começa o campeonato bem, mas, à medida que os desleixos vão acontecendo, a queda de rendimento passa a ser inevitável. Foi assim ano passado, foi assim este ano.”

Só um caluniador safado, incompetente e analfabeto poderia inventar uma mentira dessas.

 Com efeito, nos dois últimos anos,  o Bolamense não iniciou bem o campeonato. No campeonato de 2012 o Bolamense perdeu o primeiro jogo por 3 a 0 contra o Unaí F.Clube e empatou o segundo por 1 a 1 contra o Guará. Portanto,   nos dois primeiros jogos  o Bolamense só obteve um ponto.

No campeonato deste ano de 2013, novamente o Bolamense não iniciou bem a competição, pois teve um amargo empate contra o D.Pedro por 0 a 0, ao contrário de tudo que vinha planejando.

Tanto em 2012 como em 2013, o time do Bolamense foi crescendo na competição e, por questões ligadas ao suborno dos seus jogadores perdeu o último jogo em 2012, por 2 a 1  contra o Cruzeiro que, aliás, já estava eliminado da competição, quando toda a mídia foi ao estádio  do Abadião para assistir a sagração e o acesso do Bolamense a primeira divisão do futebol Candango. E não é mais segredo para ninguém no futebol de Brasília, que houve suborno de alguns dos principais jogadores  do Bolamense  que simplesmente venderam o jogo para quem interessava esse resultado. E mais: em 2012, o Bolamense inclusive havia pago antecipadamente os salários dos seus principais jogadores antes  de terem entrado em campo uma única vez. Este ano de 2013 os jogadores chegaram no dia 27 de junho e  dez dias depois receberam adiantamento de salário depositado em conta corrente de cada um deles. E no dia 9 de agosto foram feitas pelo  Bolamense transferências do salário integral de todos os jogadores do elenco principal, por uma agencia do Banco Itaú da Asa Sul. Temos comprovantes de cada uma dessas transferências bancárias que podemos exibir para quem estiver interessado e se for necessário escanearemos e publicaremos esses comprovantes de transferências bancárias. Houve um atraso de 15 dias no pagamento do último salário e isso também se deve a justa atitude da maioria dos nossos patrocinadores  que se  negaram  a liberar as verbas para a cobertura da folha salarial do elenco,  após terem tido ciência de fatos como ocorrências policiais registrados nas Delegacias de Policia em virtude de comportamentos violentos por parte de um bom número de jogadores no bairro aonde fica o alojamento do clube e ainda por causa de uso de bebidas alcoólicas pelos jogadores, de forma desregrada no alojamento durante os dias de semana com conseqüente baixa do índice de rendimento do elenco, acrescido ainda dos depoimentos de alguns jogadores de que alguns teriam vendido os  últimos dois jogos e recebido dos emissários das “MALAS PRETAS” dinheiro em troca.

A  QUARTA MENTIRA do cachorro Janio CONSISTE NO FATO AFIRMADO POR ELE DE QUE: “Quando o assunto é Bolamense, infelizmente, não recebemos notícias diferentes destas.”

 Já dissemos atrás que só um caluniador safado, incompetente e analfabeto como Janio Gomes  poderia inventar mentiras do quilate que ele publica no seu blog.

Com efeito, os  bandidos, caluniadores e mentirosos preconceituosos, quando o assunto  é o  Bolamense só sabem, difamar, caluniar e mentir.

Mas felizmente órgãos de imprensa de muita reputação e de grandeza inquestionável como o Correio Brasiliense e a própria Rede Globo jamais deixaram de publicar reportagens e noticias verdadeiras e dignas sobre o Bolamense Futebol Clube e o seu Presidente Prof. António Teixeira.

Leiam, por favor a mais recente reportagem publicada no jornal Correio Brasiliense do último sábado dia 19 deste mês de setembro em curso:

correio foto

ANTONIO TEIXEIRA É PASTOR EVANGELICO E FORMADO EM CIENCIAS POLITCAS

A primeira visita ao site engana. Na página inicial, o internauta vê paisagens paradisíacas e um aviso em inglês, no topo: “This is the Bolamense Futebol Clube” (“Este é o BFC”, em português). Notícias sobre a economia mundial perdem-se em meio às novidades do futebol. O perfil do presidente do clube, o africano Antônio Teixeira, é um arquivo assinado por José Geraldo de Sousa, ex-diretor da Faculdade de Direito da UnB, enaltecedor da carreira acadêmica do doutorando em direito econômico pela Universidade Gama Filho (RJ).

Por trás desse cenário, está o Bolamense, clube da segunda divisão candanga, que necessita de um milagre para conseguir o acesso à primeira amanhã, contra o líder, Formosa. Para isso, precisa vencer o adversário e torcer por uma derrota do Santa Maria diante do lanterna, Bandeirante, além de tirar a diferença de 16 gols de saldo.

Com nome inspirado na cidade natal de Teixeira — Bolama, na Guiné-Bissau —, o time nasceu da ligação do pastor com a religião. Em 2003, Antônio decidiu evangelizar e inserir jovens de Samambaia no futebol. Ex-centroavante, criou o Armagedon, logo rebatizado como Renovo Sporting e, depois, como Bolamense.

Oriundo de colônia lusitana, Antônio graduou-se em ciências políticas na Universidade de Coimbra, em Portugal. Em seguida, foi à Alemanha, onde estudou administração. Desembarcou em Brasília em 1992, onde ficou “por não ter de aprender outro idioma”. Esposa e nove filhos (o 10º é brasiliense) vieram junto.

Antônio é dono de uma empresa de importação e exportação. A exposição internacional do time, de acordo com o presidente, tem crescido. Teixeira diz ter sido avisado sobre interesses de equipes europeias em seus jogadores, como o atacante Rômulo. “Temos muitos visitantes do exterior em nosso site”, conta.

Leia a reportagem completa na edição deste sábado (14/9) do Correio Braziliense

Vejam ainda a matéria exibida pelo Globo Esporte a nível nacional:  -LINK REDE GLOBO http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-esporte/v/globo-esporte-df-bolamense-estreia-na-segundona-do-candangao/2079863/

E QUEM É ESSE JANIO GOMES:

PRIMEIRO:  Vejam o que ele mesmo diz sobre a sua trajetória profissional:

 

1. Sobre a sua formação escolar. Só fala de oportunidades que lhe foram dadas por amigos. Vejam o que ele disse:

Meu nome é Jânio Gomes, popularmente conhecido como Jota Gomes (nome artístico), e moro em Brasília desde o ano de 2000. Saí da minha cidade por três razões: estudar, servir o Exército e ser radialista.

 Certa noite (2000), fui convidado por um amigo chamado Durval Ramos para vir morar com ele em Brasília. No dia seguinte eu já estava na capital federal. Comecei a estudar e servi o Exército durante o período obrigatório, isso em 2002.

O Cachorro do Janio, porém, não diz o que estudou, aonde estudou e nem em que consiste o seu conhecimento como jornalista.  E certamente  a formação acadêmica  dele Janio,  é na área da   CIÊNCIA DA ENCOSTOLOGIA NOS AMIGOS. Vejam como ele mesmo descreve essa sua  (de)formação:

=> Consegui emprego através de um amigo chamado Zé Mário, que era locutor da extinta rádio Point -88,3 FM, de Planaltina-DF.

=> Em 21 de agosto de 2006, fui convidado pelo jornalista Edson Sombra para fazer um teste na rádio 104 OK FM

.

=> Explicar como consegui realizar o maior sonho da minha vida é muito difícil. Em muitas situações, as palavras são “bobas” e não conseguem explicar com clareza tudo aquilo que vivemos, pensamos, sentimos e queremos. Talvez, um simples gesto, um agradecimento ou coisa desse tipo explicam melhor que dezenas ou centenas de palavras.

=> Curiosidade: Meu slogan é: “o locutor gente fina”. Segundo meus amigos, eu sempre fui um cara amigo e parceiro .

=> Agradecimento Uma conquista é bacana. É melhor ainda quando você reconhece a importância de quem lhe ajudou a chegar lá. Eu jamais poderia esquecer de quem me estendeu a mão quando mais precisei. Minha sincera gratidão aos meus amigos Zé Mário, Francisco Costa, Talício, Elizeu e Edson Sombra. Eles sabem de tudo

Este é o histórico escrito pelo próprio cachorro infeliz  Janio Gomes no seu blog sobre si mesmo.

 Dá agora para entender que a única formação “inacadémica”  do cachorro Janio Gomes é mesmo ENCOSTOLOGIA NOS AMIGOS. O cara não estudou coisa nenhuma. Não passou por Faculdade alguma ou escola  técnica alguma. E isto explica a sua má formação social, intelectual e ética.

Em diversas ocasiões temos respondido energicamente  à uma certa blogosfera de Brasilia(Facebook, sites,webTV,etc.) porém, sem jamais negarmos o  mérito e utilidade dessa mídia. O que temos combatido nesse conjunto de mídia é exatamente   a poluição de  joios maléficos como esse picareta do Janio Gomes no meio de gente de brilhantismo jornalístico inegável, como o Eduardo Castro, por exemplo.

Não há lugar no  blogosfera de Brasilia(Facebook, sites,webTV,etc.) para pessoas desqualificadas como o Janio Gomes nos quais a ignorância, mãe de tabus e preconceitos e o analfabetismo  pai dos males sociais, tendem sempre a degenerar em intolerâncias, perversões e  proselitismos sectários.

Só basta ler  a podridão acabada de publicar por esse cachorro Janio no seu blog para se ver a virulência e a manifesta má fé dos comentários burros  que pululam nessa lamacenta matéria que confunde   o direito à opinião,  com o  desvio de conduta difamatório.

Desta vez o cachorro Janio Gomes inovou dizendo que um suposto jogador (sem nome) e  que não quis se identificar, no anonimato teria ligado para ele, cachorro Janio, de um número secreto (segundo ele privado) para “…denunciar algumas mazelas protagonizadas pelo presidente do clube, Antônio Teixeira. O atleta ligou de um número privado e não quis se identificar e disse: – Quero fazer uma denúncia.

Ou seja,  este jornalista JANIO GOMES, safado e picareta recebe uma ligação anônima procedente de um telefone não identificado e de uma pessoa que disse expressamente que não quer se identificar, o safado jornalista vai publica a matéria e ainda faz juízo de valor difamando e afirmando coisas mentirosas e caluniosas sobre o Clube e o seu Presidente.

  Meu caro leitor, o  verdadeiro problema não reside no anonimato enquanto tal, mas antes no uso perverso a que pode prestar-se o anonimato na mídia web em especial.

Sabe-se que não  há motivo para criticar quem simplesmente adota um heterônimo para se dar a conhecer, ou então  o faz de maneira aberta, em busca  de contributo positivo ao debate de idéias mas  sem cair na difamação, calunia, leviandade ou na ignomínia e ambições arrivistas.

 A nefasta personalidade de denunciantes anônimos e de  ciber-anônimos,- “snipers” sem rosto e sem nome,  movidos muitas vezes,  por inconfessadas subjetivações pessoais, preconceitos, inveja e cobiça social  só serve para atirar pedras para logo a seguir  esconder a mão.

É justo e jurídico que os meios de comunicação não devem se omitir em relação ao seu dever de bem informar à sociedade, mas quando os seus profissionais se deparam com notícias que envolvam denúncias de fatos delituosos, têm esses profissionais o dever de manter  o extremo cuidado de, ao noticiarem o fato, não procederem, desde logo, a um juízo de valor no que concerne à culpabilidade, ou não, de determinada pessoa apontada como culpada, com vistas a evitar a formação de uma opinião pública prematura acerca da honra daquela pessoa acusada, sobre a qual pesam ainda indícios, mas que soam, após a divulgação, como fatos verdadeiros e incontroversos a ponto de, se não forem comprovados ao final das investigações preliminares, recair até mesmo a obrigação criminal de punir o jornalista.

 É lógico que  o jornalista tem direito à opinião, mas esta opinião    deve sempre  ser exercido com maior aprumo e sentido de responsabilidade e sem se  emboscar em perversidades de  anonimatos que subvertem a liberdade de expressão e atentam contra a liberdade de outrem.
Esse tal cachorro Janio Gomes é um “franco-atirador” armado de má fé  que se serve de  emboscadas na penumbra do anonimato para atacar aqueles que simplesmente o desprezam, como nós.
Todas as paupérrimas  crônicas desportivas publicadas pelo cachorro Janio Gomes sempre contêm  comentários que descambam para a mais abjeta vulgaridade e torpes opiniões que passam por baixo da crônica de futebol que quereria fazer ou comentar. Esse pateta alegre que responde pelo nome de Janio Gomes não sabe fazer a mais simples narrativa e nem consegue esboçar   qualquer destrinça entre crítica construtiva e incursões caluniosas e soezes na vida privada dos outros. Entre verdade e calúnia que deliberadamente o cachorro Janio Gomes coloca nas suas matérias podres para confundir o leitor,uma coisa nunca escapa a nitidez de qualquer um –  o mau caratismo dele Janio-

   Esse blog denominado Candangão, do Janio Gomes, é uma ameaça a liberdade de expressão como um dos fundamentos da democracia, em função da forma subvertida  com que ele tenta  manipular  os leitores, usando pessoas sem rosto, sem nome,  sem ética e sem escrúpulos.

O direito à opinião de quem se esconde não pode ser arma de arremesso contra igual direito de quem se coloca à luz do dia para dizer não aos safados, caluniadores e mentirosos como o Janio Gomes.
O que os leitores da  blogosfera do futebol de Brasília, (Facebook, Blogs, sites,webTV,etc.) querem, atualmente, são notícias e matérias sérias, bem estruturadas e  elaboradas criticamente por profissionais credíveis e bem formados academicamente.

Está chegando à passos lestos  o tempo de desaparecimento de sites, blogs e facebook de conteúdos mentirosos e levianos, como esse do cachorro Janio Gomes.  Isto porque a  liberdade de imprensa, ou de crítica, tem limites,quer sejam de caráter interno (a responsabilidade para com a sociedade e o compromisso com a veracidade e o equilíbrio na divulgação das informações) ou externo (o confronto com outros direitos considerados fundamentais pela própria  Constituição Federal brasileira).

A liberdade de expressão e informação não é absoluta, embora a Constituição Federal proíba qualquer forma de censura, pois não devem ser esquecidos os direitos do cidadão, sob pena de ocorrerem  abusos dessa mesma liberdade de expressão através de  conteúdos com  pontos de vista negativos, contendo   depreciações e acusações publicados por jornalistas contra pessoas, sem maiores comprovações.

A mídia detém uma Liberdade com responsabilidade que pressupõe um consenso, uma moderação no agir do profissional de imprensa, quando este não está munido de comprovações das denúncias que está imputando a outrem.

 A forma  açodada, delituosa,  maldosa e caluniadora com que esse  cachorro Janio Gomes inventa e divulga pseudo fatos ou traz à baila suas reportagens,  sem a necessária investigação jornalística que produza, no mínimo, provas do que ele escreve, é sem sombra de dúvida, criminosa.  E ele vai pagar judicialmente por isso, para que ele aprenda a   ponderar a melhor forma de emitir sua opinião e  os efeitos das suas afirmações antes de escrever ou de publicar porcarias.

Por isso, é nosso dever publicar aqui uma resposta que o cachorro Janio Gomes recebeu da parte do Sr. Roberto Marques dos Santos após a publicação dessa mentira.

Leiam, por favor:

“Prezado Jânio!

 Não sou advogado de ninguém, mas por conhecer como estavam morando esses atletas e sobre as “mazelas” que vc diz durante o campeonato da segunda divisão pela equipe do Bolamense devo te dizer que esses mesmos jogadores não ficaram sem alimentação um só dia.Pode até ser que não fosse uma alimentação de primeira, mas não se pode culpar o Dr Antonio; pode-se até responsabilizá-lo mas não culpá-lo, simplesmente pelo fato de que os “donos que administram por fora a FBF” terem prometido a ele um patrocínio para que ele montasse e mantivesse sua equipe no transcorrer do campeonato, autorizaram que ele montasse o time que eles o apoiariam, fato que lamentavelmente não aconteceu, e ele embarcou nessa; alguns atletas também não foram homens o suficiente para pedir para sair, sabe porque? é simples: ” onde não temos condição de trabalho digno e não recebemos salário o que ficaram fazendo aqui?” não é assim que funciona? …mas eles não foram embora e nem pediram para sair sabe porque? eles receberam os salários do primeiro mês adiantado, e o atraso que tanto falam (e que foi de 15 dias) só veio a ocorrer já nas 2 ultimas rodadas. E logo após a ultima rodada o empresário (e que foi o gerente de futebol do time durante o campeonato) que foi quem trouxe grande parte desses atletas para o DF, se mandou para o Rio com o bolso cheio de dinheiro (segundo relato de alguns atletas) conseguido com a venda (isso mesmo) a venda dos dois últimos resultados em comum acordo com alguns atletas. Participei de uma reunião essa semana passada em que 4 atletas disseram que esse tal gerente entrou no alojamento (essa casa é no Riacho Fundo, e não Recanto) e disse que tinha 10 mil do Formosa (gravei no meu cell os atletas falando isso) para mudar o resultado da partida. O centro avante e mais um lateral compraram sua própria passagem de avião para irem embora anteontem, quando diziam que estavam “duros” e após saber que foram delatados pro companheiros chegaram na casa bradando alto que tinha traíra entre eles. Segundo outros atletas aqui do DF durante quase todo o campeonato, 4 atletas do RJ e mais uns 3 de outro estado ficavam quase todas as noites num barzinho perto da casa tomando cerveja e se divertindo por conta própria; porém treinar, não queriam pois estavam com: primeiro com 05, depois com 10, e no final com 15 dias de atraso. Ora num ambiente em que ninguém estava preocupado com o objetivo do clube o que fazer? Quando fiquei sabendo disso da boca de alguns atletas e do treinador, eu falei para o Dr,  Antonio registrar um BO em uma delegacia, e chamar esses atletas suspeitos de venda de resultado e entregar as rescisões contratuais (não antes sem prestar informações na delegacia competente); mas o Dr Antonio preferiu continuar apostando que o time mudaria de postura. Estou lhe escrevendo isso para que vc veja que nem sempre os jogadores são coitadinhos, e as coisas nem sempre são o que parecem ou o que eles falam.

Peço-lhe que não publique o que escrevo neste e-mail, pois é melhor esperar para ver a atitude que o Dr Antonio vai tomar. 

Grande abraço,R Marques. “

Não exaurimos, obviamente,  esta questão por hora. Apenas estamos juntando provas dos fatos ocorridos ou atribuídos a alguns dos nossos jogadores, incluindo cópias de BO’s para que, de forma idônea, possamos informar tudo o que se passou sobre a suposta corrupção,  e suborno denunciado por determinados atletas nossos.

Ao Cachorro  e analfabeto do Janio reservamos, desde já, um lugar no banco dos réus na justiça criminal.

 

Sobre o Autor da Postagem

Quantidade de Postagens : 378
Ir para Cima